Planilha vazada da Secretaria Municipal de Saúde do Rio que traria suposto calendário de vacinação confunde usuários nas redes sociais

Planilha vazada da Secretaria Municipal de Saúde do Rio que traria suposto calendário de vacinação confunde usuários nas redes sociais

Foto: reprodução internet

Um suposto calendário de vacinação contra a Covid-19 englobando todos os grupos prioritários está sendo divulgado em grupos de Whatsaap e causando confusão. Neste calendário, todos os grupos prioritários seriam imunizados até 10 de abril.

Segundo a Secretaria Municipal de Saúde do Rio de Janeiro, o cronograma seria um estudo interno da SMS que se baseava na distribuição das vacinas Coronavac e Oxford/Astrazeneca caso a capital tivesse recebido 1,4 milhão de doses dos imunizantes. A planilha ‘falsa’ viralizou em grupos de Whatsapp e tem circulado também entre profissionais de saúde.

Até o momento, a capital fluminense só recebeu 231 mil doses do lote de quase 6 milhões que o Instituto Butantan entregou ao Ministério da Saúde. Os primeiros grupos que estão recebendo as doses são idosos e deficientes físicos que moram em abrigos e profissionais da linha de frente do tratamento da pandemia.

Prefeitura apresenta plano de vacinação contra a Covid-19

Cuidado com boatos! Não é verdade que o acesso à imunização para a covid-19 depende de cadastro prévio em nenhum aplicativo ou serviço

Daniel Spirin Reynaldo/Ascom CES-RJ

Fake news