CNS e Ensp lançam pesquisa sobre “Os trabalhadores invisíveis da saúde: condições de trabalho e saúde mental no contexto da COVID-19 no Brasil”

O Conselho Nacional de Saúde em parceria com a Escola Nacional de Saúde Sergio Arouca e o Centro de Estudos Estratégicos da FIOCRUZ estão realizando a Pesquisa sobre “Os trabalhadores invisíveis da saúde: condições de trabalho e saúde mental no contexto da COVID-19 no Brasil”, tendo como objetivo central conhecer e analisar as condições de trabalho, de vida e saúde mental dos denominados “trabalhadores invisíveis da saúde” – profissionais de nível técnico e médio diretamente envolvidos na assistência, além de maqueiros, motoristas de ambulância, recepcionistas, pessoal de segurança mantido nos estabelecimentos de saúde, etc – que estão atendendo direta ou indiretamente à população acometida pelo novo coronavírus, que busca assistência nas Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) e nos hospitais de referência nos estados, visando compreender a real situação que se encontra este contingente de profissionais que contribuem de forma decisiva para o bom e adequado atendimento à população, mas são quase imperceptíveis aos olhos da equipe de saúde e da população usuária. 

Participe!

Link para participação

Via Ascom CNS

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s