Saúde e OSs

Secretário estadual de saúde espera que as OSs deixem a administração dos hospitais nos próximos dois anos

Secretário Alex bousquet fez o anúncio durante entrevista ao RJTV

Alex Bousquet afirmou que o modelo está ‘esgotado’ e a alternativa será a Fundação Saúde

O secretário de estado de saúde, Alex Bousquet, afirmou hoje, durante o anúncio da troca de gestão do Samu, que as séries de denúncias de corrupção envolvendo as Organizações Sociais, que administram diversas unidades de saúde no estado, “esgotou este modelo de gestão” hospitalar. Segundo Bousquet, a ideia é substituir as organizações sociais pela fundação nos próximos dois anos.

Por outro lado, Alex Bousquet tranquilizou o quadro de terceirizados afirmando que não há a intenção de demití-los, tampouco alterar a estrutura já existente.

O secretário disse ainda que o Serviço de Atendimento Médico de Urgência (Samu) será administrado pela Fundação Estadual de Saúde, bem como o Hospital Carlos Chagas. A fundação vai assumir  o gerenciamento do Samu a partir do dia 23 de setembro, data do fim o contrato entre a SES e a Organização Social OZZ Saúde.

Daniel Spirin Reynaldo/Ascom CES/RJ

Categorias:Saúde e OSs

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s