Coronavírus

Coronavírus é tema de apresentação em Reunião Ordinária do CES-RJ

DSCF6224

A epidemia do coronavírus, doença respiratória originada na China que está atingindo diversos países e que já chegou ao Brasil com, ao menos, 70 casos confirmados foi tema de apresentação do Prof. Maulori Curié Cabral, membro do Instituto de Microbiologia Professor Paulo de Góes (IMPPG–UFRJ) durante a Reunião Ordinária do Conselho Estadual de Saúde do Rio de Janeiro, realizada na última terça-feira (10) no auditório do Conselho Regional de Odontologia –CRO. Além de Maulori, a Subsecretaria de Gestão de Atenção Integral à Saúde (SGAIS/SES), representada por Gabriele Damasceno, também informou sobre as medidas que estão sendo tomadas pela Secretaria de Estado de Saúde para enfrentar o desafio. Os conselheiros e conselheiras puderam se informar sobre as principais características da doença, seu desenvolvimento ao longo do tempo, método de contágio e prevenção e predisposição de certos indivíduos em adquirir o covid-19. Assista à palestra na íntegra.

No Rio, as últimas informações dão conta de que foi registrado o primeiro caso de transmissão local do vírus. A Secretaria de Estado de Saúde fez o comunicado nesta quinta-feita (12).  Os pacientes são um homem de 72 anos, morador da capital, e a esposa de 68. Ambos estão em isolamento domiciliar. Os casos, no estado, somam 15 até o momento.

DSCF6227

Gabriele Damasceno (SGAIS/SES)

Secretário diz que Rio terá epidemia de coronavírus em quatro semanas

No jornal O Dia:

Rio – A Secretaria Estadual de Saúde, Edmar Santos, prevê que a crise mais intensa do coronavírus no Rio aconteça entre 2 e 4 semanas. Em seguida, com a chegada do inverno, a epidemia deve se estender até completar cinco meses, quando o contágio deve começar a diminuir. Na quarta-feira, o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, estimou que o país viverá cerca de 20 semanas “duras” por causa do surto.

“As secretarias municipais e estadual vão acelerar o processo de preparação para a crise, que deve começar provavelmente daqui a 2 ou 4 semanas de uma maneira mais intensa”, disse o secretário estadual saúde do Rio em entrevista ao programa Bom Dia Rio, da TV Globo.

“A gente está trabalhando com horizonte de 4 mil a 10 mil casos aqui no Rio de Janeiro. E pra isso a gente tem se preparado, vamos abrir de 300 a 600 leitos novos. A rede privada está organizada com a gente. Vamos fazer um enfrentamento comprometido”.

Os casos de coronavírus no Rio

. RIO DE JANEIRO: 13 confirmados (48 suspeitos)

. NITERÓI: 1 confirmado (13 suspeitos)

. SÃO GONÇALO: 1 suspeito

. RIO BONITO: 1 suspeito

. BARRA MANSA: 1 confirmado (4 suspeitos)

. BARRA DO PIRAÍ: 2 suspeitos

. BELFORD ROXO: 1 suspeito

. MARICÁ: 1 suspeito

. PETRÓPOLIS: 2 suspeitos

. TERESÓPOLIS: 1 suspeito

. VALENÇA: 3 suspeitos

. PINHEIRAL: 1 suspeito

. SÃO PEDRO DA ALDEIA: 1 suspeito

. VOLTA REDONDA: 3 suspeitos

. EXTERIOR: 6 suspeitos

Daniel Spirin Reynaldo/Ascom CES-RJ 

Categorias:Coronavírus

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s